Saude-e-bem-estar

SEMANA MUNDIAL DE ALEITAMENTO MATERNO

Em mais de 170 países no mundo todo, entre 1º a 7 de agosto, é celebrada a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM), um movimento que tem como objetivo divulgar a importância da amamentação no início da vida, incentivar as mães a adotar esta prática, e a sociedade a acolher e apoiar a amamentação.

A campanha existe há 25 anos, mas o engajamento no Brasil é recente. Por este motivo, decidimos aderir à divulgação deste movimento, que tem tudo a ver com a gestação.

Mas quais são as vantagens da amamentação? 

Para o bebê:

O leite materno é completo e suficiente até o sexto mês de vida. Rico em nutrientes, proteínas, gorduras e água ele é mais facilmente digerido pelo organismo.

Mamar no peito melhora a formação da boca e o alinhamento dos dentes, minimiza otites, alergias, diarreia, bronquite, meningite, pneumonia dentre outros.

Excelente na formação do vínculo com a mãe, a amamentação tem papel importante na formação afetiva e mental da criança.

Para a mãe:

Ao amamentar, o corpo da mulher produz Ocitocina, um hormônio que diminui o sangramento do útero, promove o bem estar e ajuda na formação do vínculo entre a mãe e o bebê. A prática da amamentação reduz os riscos de câncer de mama e ovário, diabetes tipo 2, depressão pós-parto, cancro da mama e do ovário, osteoporose, ajuda a emagrecer, dentre tantas outras. Além de ser extremamente prático.

De acordo com a Fioccruz, as principais dúvidas sobre o tema são: meu leite será suficiente para o bebê? Tenho o leite fraco? Meu filho é pré-maturo, como faço para amamentar? Meus peitos vão cair?

Para tirar suas dúvidas acesse o portal deles na internet:

http://rblh.fiocruz.br/pt-br/mitos-e-verdades

Muitas mulheres enfrentam dificuldades na hora de amamentar. Algumas se sentem acanhadas, não recebem apoio para e acabam desistindo. Outras simplesmente não tem a quem perguntar. Além das iniciativas governamentais, existem diversas ongs e grupos voltados para a amamentação. Para facilitar, montamos uma pequena lista com alguns dos principais sites de conteúdo sobre este assunto.

http://www.aleitamento.com.br

http://www.ibfan.org.br

http://waba.org.my/

http://www.lalecheleague.org/

Algumas mulheres ainda, produzem uma grande quantidade de leite e podem colaborar de forma ativa através de doações. Tendo como lema; “Um pouquinho do que você doa é muito para quem precisa”. Os bancos de leite presentes em todo o Brasil, recebem doações. Para saber mais, acesse:  http://rblh.fiocruz.br

Esperamos que essas informações tenham sido úteis para você. Divulgue, encaminhe, faça parte deste grande movimento de conscientização e amor.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *